. . .
5.2 ›

PRINCIPAIS AÇÕES DESENVOLVIDAS

PROGRAMA SHARE

CONTOU COM 104

COLABORADORES

ESTE ANO

As ações desenvolvidas pela REN em 2016 estiveram alinhadas com os três eixos da estratégia de sustentabilidade. Relativamente ao eixo da promoção do bem-estar interno, o Programa NÓS desenvolveu 29 iniciativas, contando com a participação de 174 colaboradores, no âmbito dos três pilares que o compõem: Equilíbrio, Igualdade e Inclusão.

No eixo do envolvimento e satisfação das partes interessadas, foram várias as ações desenvolvidas ao longo de 2016. Entre outras, destaca-se a terceira edição do Prémio Agir da REN, dedicado ao combate à pobreza e exclusão social, que recebeu 176 candidaturas, o número mais elevado desde a sua criação em 2013. O projeto Localizar-TE desenvolvido pela secção de Braga da Oikos foi o grande vencedor, sendo também distinguidos o projeto TLT - Talentos em Livre Trânsito e o projecto Super Babysitters. Em conjunto, estes três projetos beneficiariam diretamente 618 pessoas. 

A 21ª edição do Prémio REN, o galardão de cariz científico mais antigo de Portugal, superou em quase o dobro as candidaturas do ano anterior, tendo o armazenamento de eletricidade, a integração das renováveis e a incerteza da produção eólica sido os temas vencedores.

O Programa Share, o programa de voluntariado empresarial da REN, registou um aumento de 12% no número de voluntários, para 104 colaboradores, aos quais se somam 43 familiares de colaboradores da REN. Registou-se ainda um incremento de 24% nas horas de voluntariado relativamente a 2015, para 705 horas de colaboradores e 170 de familiares de colaboradores. Deste programa fazem parte várias iniciativas, como é o caso dos programas de empreendedorismo para jovens da Junior Achievement Portugal (http://www.japortugal.org), a limpeza da Tapada de Mafra, ações de recolha para o Banco Alimentar, o apoio às iniciativas de combate ao abandono escolar promovidas pela EPIS – Empresários para a Inclusão Social (www.epis.pt), entre outras. 

750 ALUNOS

DE NORTE A SUL DO PAÍSASSISTIRAM AO PROJETOEDUCATIVO HERÓISDE TODOS A ESPÉCIE

A REN voltou a promover, em 2016, o apoio a várias instituições. No âmbito social. Merece destaque a participação em ações da Comunidade Vida e Paz, a campanha #VamosAjudarOsBombeiros, o apoio ao programa de desporto adaptado e ação de qualidade de vida da Associação Salvador (www.associacaosalvador.com) e o projeto social Amigos Sem Fronteiras. No âmbito da cultura e educação, a REN estabeleceu um protocolo de mecenato com a Fundação Calouste Gulbenkian que permitirá financiar a realização de um estágio por parte de quatro estudantes de doutoramento em Ciências e Tecnologia de Energia da Universidade Eduardo Mondlane (UEM), em Moçambique, no Instituto Superior Técnico da Universidade de Lisboa e renovou a parceria com o Museu Nacional de Arte Antiga, de que a REN é mecenas. No desporto, o destaque vai para o apoio ao Comité Olímpico e Paralímpico em competições realizadas em 2016 e na preparação dos Jogos Surdolímpicos de Ancara em 2017.

A REN manteve a sua participação no projeto GestaoTransparente.org, da qual é membro-fundador, e que tem como objetivo unir esforços internacionais para combater a corrupção através do desenvolvimento de iniciativas de ação coletiva e de diálogo político, assim como promover o conhecimento e informação nesta matéria. 

No eixo da proteção do meio ambiente, a REN promoveu 1 ação de reflorestação em Vila Verde que envolveu 100 alunos do 6º e 7º ano de escolas do concelho. No acumulado de 2016, no âmbito das suas ações de reflorestação, a REN plantou um total de 106.547 árvores. É de referir também o trabalho contínuo no projeto LIFE Elia que tem como objetivo promover e implementar a criação de corredores verdes em áreas florestais atravessadas pela REN.

O programa Heróis de Toda a Espécie (www.heroisdetodaaespecie.pt), iniciativa de caráter pedagógico, destinada a crianças do 3º e 4º anos do 1º ciclo do ensino de todo o país, esteve presente em 10 escolas em 2016. 750 alunos de norte a sul do país assistiram a este projeto educativo desenvolvido com o apoio do Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas e da Direção-Geral da Educação. 

Ainda em 2016, a REN, juntamente com a Fundação para a Ciência e Tecnologia e a Universidade do Porto, manteve o trabalho de investigação da Cátedra em Biodiversidade, assente em três pilares: monitorização, minimização e compensação de impactes; ecologia populacional; e cidadania na ciência.